Sobre Quase Tudo

Apenas outro blog WordPress.com

Momentos

Posted by marciomoya em 07/06/2009

Momentos, para que tantos? Para serem separados por categorias? Momentos tristes, momentos felizes, momentos… Quantos momentos. Mas é preciso tantos momentos assim para se fazer uma vida inteira? Ou será que apenas um é capaz de criar algo que jamais imaginamos? Uma vida, um momento, uma vida.
É possível reviver toda a sua vida em um simples momento, será que não é possível viver um simples momento por toda a sua vida? Ficamos presos aos nossos breves momentos que vivemos intensamente na esperança de que ele se faça presente para todo o sempre, e que com toda certeza fará, um dia, no nosso passado, um momento vivido jamais é esquecido por aquele que viveu, simplesmente porque ele ainda não acabou.

Um momento não acaba, não passa, continua sempre, para sempre. Agora é o nosso momento, e ele não acaba quando mudamos a nossa expressão, quando deixamos de estar felizes para estar de qualquer outro jeito. Pensamos que ele termina, e ele irá terminar, um dia, apenas uma vez. Teremos outro momento? Quem sabe. Viva a sua vida. Intensamente? Não sei, porque não… Mas não esqueça, dividir a vida em momentos é estar sujeito a todo o tipo de conseqüência sem a necessidade de precisar estar…

Atenciosamente
Marcio Moya

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: